Direitos Humanos

Centro acolhe pessoas em vulnerabilidade social com Covid-19

O Centro de Acolhimento para pessoas em situação de vulnerabilidade social com diagnóstico confirmado do novo coronavírus entrou em funcionamento nesta quinta-feira (2). A unidade está instalada no prédio da antiga Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola, atrás do Parque de Exposições e tem capacidade para receber 300 pessoas. A estrutura dispõe de quartos climatizados e com beliches que comportam até 10 pessoas por dormitório e só poderão permanecer no espaço pessoas que apresentem sintomas leves da Covid-19.

Liberdade abraça combate ao trabalho infantil e exploração sexual do Bloco Fique de Olho

Um dos bairros mais populares de Salvador, a Liberdade recebeu nesta terça-feira (18) o Bloco Fique de Olho, ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) que leva informação para o combate ao trabalho infantil e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Materiais informativos como ventarolas, adesivos e folders foram distribuídos para a população com o objetivo de combater violências contra o público infanto-juvenil na Bahia.

Bloco Fique de Olho leva conscientização aos moradores do Beiru

Depois de conscientizar, pela manhã, os moradores de Plataforma, em Salvador, o Bloco Fique de Olho da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) partiu, na tarde desta quarta-feira (12), para o bairro de Beiru. Dezenas de pessoas participaram da mobilização, que tem o objetivo de dialogar com a população sobre as consequências dos casos de trabalho infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes no carnaval.

Bloco Fique de Olho conscientiza sobre trabalho infantil e exploração sexual

Com objetivo de conscientizar a população sobre casos de trabalho infantil e exploração sexual durante grandes eventos como o carnaval, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) iniciou, nesta terça-feira (11), as atividades do bloco ‘Fique de olho’ com um desfile pelo bairro de Itapuã. A proposta é levar conscientização às pessoas de forma descontraída, com música, atrações e a distribuição de materiais informativos sobre o tema.

Bloco Fique de Olho conscientiza população sobre trabalho infantil e exploração sexual

Para alertar a população baiana sobre os casos de trabalho infantil e exploração sexual de crianças e adolescentes em grandes eventos como o carnaval, o Bloco Fique de Olho, ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), percorre, mais uma vez, os bairros populares de Salvador antes do início da folia em 20 de fevereiro. A proposta é levar conscientização às pessoas de forma descontraída, com atrações e a distribuição de materiais informativos sobre o tema.

Semana da Diversidade leva palestra sobre suicídio para universidades

Realizada até o próximo sábado (21), a Semana da Diversidade 2019 tem como mensagem principal a defesa e o respeito à vida de lésbicas, gays, bissexuais e travestis. A iniciativa é promovida pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e agrega uma série de ações. 
 
Como parte da programação, o 'Tarde das Pretas convida', abordou o afeto, que muitas vezes é negado às pessoas LGBTQI+, no Casarão da Diversidade, na tarde desta quarta-feira (18).

Combate ao trabalho escravo na Bahia é tema de seminário nesta quarta

Entre 2014 e 2019, 238 trabalhadores foram resgatados em situação de trabalho análogo ao escravo no estado. Este dado é da Comissão de Erradicação do Trabalho Escravo na Bahia (Coetrae-BA), que celebrou dez anos de atuação com um seminário internacional realizado nesta quarta-feira (18), no Ministério Público do Trabalho (MPT-BA), em Salvador.

No metrô, campanha Coração Azul orienta população sobre tráfico de pessoas

Milhares de pessoas passam todos os dias pela Estação Acesso Norte, em Salvador, e foi neste local que a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), por meio da Coordenação do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Trabalho Escravo, realizou ação de panfletagem da campanha Coração Azul nesta quinta-feira (25), com o objetivo de mobilizar a sociedade sobre o enfrentamento ao tráfico de pessoas.
 
Segundo as últimas estimativas da Organização Internacional do Trabalho (OIT), mais de 2 milhões de pessoas são traficadas

Casas Abrigo recebem mulheres em situação de violência doméstica

Receber proteção pode ser a diferença entre a vida e a morte de uma mulher. As Casas Abrigo administradas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), representam a possibilidade de deixar para trás uma rotina de violência doméstica. Atualmente, as três unidades dispõem de 60 vagas, sendo 20 em cada uma.

Adolescentes da Case Feminina apresentam sarau de artes integradas

A arte tem ajudado quem cumpre medidas socioeducativas a encontrar novos rumos para a vida. Nesta quinta-feira (25), adolescentes da Comunidade de Atendimento Socioeducativo – Case Feminina, em Salvador, apresentaram a segunda edição da mostra de artes integradas ‘Sarau na Central’. 
 
Segundo a diretora-geral da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), Regina Afonso, a apresentação é um momento de quem trabalha na sede da Fundac conhecer o que é feito nas unidades.