Cultura

Samba, axé e ensaios de blocos afro movimentam o início de 2020 no Pelô

O novo ano começa com a programação diversificada do Pelourinho, um dos principais destinos de baianos e turistas ao longo da temporada de verão. Bailinho de Quinta, Terça do Olodum e Beto Jamaica são alguns dos destaques. A programação é apoiada pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI).  
 
A primeira 'Sexta Avassaladora' do ano, projeto da banda Samba Trator, agita o Largo Pedro Archanjo, a partir das 20h. Os ingressos custam R$ 10.

Programação do Pelourinho tem ensaios de Verão e Pré-Réveillon

Entrando no clima dos festejos de final de ano, largos do Pelourinho oferecem diversidade com shows de samba e blocos afros. Além disso, acontece a Feira de Empreendedores de Matriz Africana. A programação é apoiada pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult), por meio do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI).

Shows de Saulo, Márcia Short e Ana Mametto agitam Pelourinho neste fim de semana

Lazer e entretenimento não vão faltar para quem quer se divertir neste fim de semana. Com a aproximação do verão e a chegada de turistas, a agenda cultural do Governo do Estado oferece numa ampla programação para o público, com eventos para todos os gostos, de shows a exposições. 
 
Entre os destaques estão os shows das cantoras Márcia Short, na sexta-feira (20), e Ana Mametto, no sábado (21), ambos no Largo Quincas Berro D’Água.

Orquestra Conquista Sinfônica homenageia Elomar

A Orquestra Conquista Sinfônica dedica seu concerto de encerramento da temporada 2019, intitulado 'Sertão Transfigurado', à obra de Elomar Figueira Mello, que há muito tempo está mergulhado no universo das composições com a formação sinfônica. A orquestra receberá o próprio autor como convidado especial para se apresentar no mesmo palco, reunindo no repertório parte de sua produção de música de câmara, arranjos de canções e árias de suas óperas, dentre elas, a última ária da ópera 'O Retirante'.

Sucessos do reggae marcam terceira apresentação do Concha Negra

Uma noite dedicada aos grandes sucessos do reggae baiano foi o que se viu neste sábado (14), no palco da Concha Acústica do Teatro Alves (TCA), em Salvador. Na terceira edição deste ano, o projeto Concha Negra contou com a apresentação do cantor Sine Calmon e a Banda Morrão Fumegante, que foram acompanhados por diversos convidados. 
 
O público teve a oportunidade de curtir o 'Show Retrô', preparado especialmente para esta noite. “É muito significativo ter um projeto para esta nossa gente, já que a Bahia é um celeiro da cultura negra.

Osba leva música popular e erudita ao Centro Histórico de Salvador

As ruas do Pelourinho foram coloridas pelo encontro do Terno de Reis Eterna Juventude, formado por pessoas da terceira idade atendidas na Casa do Idoso, com a música da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba), nesta sexta-feira (13). A união das culturas popular e erudita deu início às atividades do projeto ‘Cameratas da OSBA no Pelô’, que irá realizar diversas apresentações no Pelourinho durante o verão.

Ilê Aiyê encanta com espetáculo 'Charme da Liberdade' no Concha Negra

A elegância e a força da mensagem política do Ilê Aiyê emocionaram o público que lotou a Concha Acústica do Teatro Castro Alves, em Salvador, neste sábado (7), na segunda edição do projeto Concha Negra. O 'mais belo dos belos' apresentou o espetáculo 'Charme da Liberdade' que contempla os grandes sucessos do bloco afro como 'Depois Que o Ilê Passar', 'Deusa do Ébano' e 'Que Bloco é Esse?'.  A noite, que teve abertura do Coletivo Afrobapho, formado por jovens negros e LGBTQI+, contou ainda com a participação especial da cantora Daniela Mercury.

Festa de Santa Bárbara reunirá milhares de devotos no Pelourinho

Na quarta-feira (4), a partir das 8h, todos os caminhos vão levar às ladeiras e largos do Pelourinho, em Salvador, quando milhares de baianos e turistas se encontrarão para celebrar um dos eventos mais populares do estado, a Festa de Santa Bárbara, Patrimônio imaterial da Bahia. A programação é realizada pela Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, em parceria com o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac) e o Centro de Culturas Populares e Identitárias da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (CCPI/SecultBA),