15/04/2019 - 14:19

Conversas Plugadas pauta trajetórias negras na dança

No Mês Internacional da Dança, a primeira edição do ano do projeto 'Conversas Plugadas' será temática: Dança e Emancipação – Trajetórias Negras pela Dança. Três dançarinos – Hugo Rojas (Paraguai), James Carlès (França) e Paullo Fonseca (Brasil) – debatem suas construções enquanto artistas negros, oriundos de diferentes partes do mundo e com suas experiências particulares, num bate-papo com mediação de Mamadou Gaye (Aliança Francesa). A sessão é uma parceria do Teatro Castro Alves (TCA) com o VIVADANÇA Festival Internacional, marcada para o dia 18 de abril (quinta-feira), das 17h às 19h, na Sala do Coro do TCA, com entrada franca.

O evento será aberto com apresentação de 'Atlântico', de Paullo Fonseca, como parte da Mostra Baiana de Dança Contemporânea do VIVADANÇA. A obra abre portas diversas de diálogo, na qual o autor e intérprete foca sua pesquisa corporal fundamentando-se em suas vivências pessoais e profissionais de dança, como sujeito de sua própria história e no reencontro com as suas referências identitárias.

Neste ano, o VIVADANÇA coloca o trabalho de artistas negros na dança em destaque na sua programação e na sua arte gráfica, considerando ser hoje imprescindível discutir e problematizar a atuação dos negros nos palcos artísticos. A programação do festival tem cada vez mais se percebido em uma curadoria que identifica e reconhece naturalmente profissionais negros que ocupam os espaços da dança no Brasil e no mundo. Além disso, há o desejo de conversar sobre a dança como meio de libertação para os profissionais de minoridades ou qualquer pessoa que precise superar barreiras. É assim então que surge este especial do “Conversas Plugadas”, tendo em vista desafios e enfrentamentos a partir da fala de quem pode compartilhar seus próprios caminhos.


Conversas Plugadas

Dança e Emancipação – Trajetórias Negras pela Dança
Abertura: “Atlântico”, de Paullo Fonseca
Conversa com: Hugo Rojas (Paraguai), James Carlès (França) e Paullo Fonseca (Brasil)
Mediação: Mamadou Gaye (Aliança Francesa).
Quando: 18 de abril de 2019 (quinta-feira), 17h às 19h
Onde: Sala do Coro do Teatro Castro Alves
Quanto: Gratuito


Fonte: Ascom/ TCA