30/11/2019 - 13:42

Chico Malfitani e Fernando Morais discutem comunicação como atividade econômica

Neste sábado (30), o segundo e último dia do seminário 'Os Desafios da Comunicação nas Administrações Públicas' foi marcado por uma grande mesa sobre 'A comunicação Como Atividade Econômica e Como Questão Estratégica'. O evento, que segue até o fim do dia, no Hotel Real Classic, em Salvador, reúne referências em comunicação institucional e política, com atuação marcante em diferentes estados brasileiros, como o publicitário Chico Malfitani e o escritor Fernando Morais.
 
Um dos fundadores da Gaviões da Fiel, torcida organizada do Corinthians e uma das maiores do Brasil, Chico Malfitani deu uma importante dica ao público em relação à atividade econômica no campo da comunicação. "É muito importante não desconhecer a questão da marketing e publicidade, mesmo na comunicação das administrações públicas, e que o setor público saiba se comunicar de forma a usar os mesmos meios da iniciativa privada, deixando claro quais são os benefícios que o governo traz para a população", alertou Malfitani.
 
Fernando Morais é jornalista e escritor de inúmeros livros de grande sucesso, inclusive as biografias de Olga Benário e Assis Chateaubriand. O escritor avaliou que as dinâmicas de comunicação mudaram com a chegada da internet. "A democratização das comunicações no Brasil deu um grande salto, sobretudo após o surgimento da internet e das redes sociais. Tudo isso permite que qualquer um se converta em um comunicador, sendo capaz de obter audiência, muitas vezes maiores do que a de qualquer jornal de tempos atrás. A verdade é que nem todos sabem ainda lidar com essa tecnologia e, para se obter sucesso nas comunicações, é preciso dominar essa área", disse.
 
A mesa também teve a participação de Tereza Cruvinel, jornalista e ex-presidente da Empresa Brasil de Comunicação; Sílvio Caccia, diretor da revista Le Monde Diplomatique Brasil; Paulo Salvador, diretor-geral da Rede Brasil Atual; e Kiko Nogueira, diretor do Diário do Centro do Mundo. 
 
Todos foram mediados por Altamiro Borges, presidente do Centro de Estudos de Mídia Barão de Itararé, entidade que promove o evento, com o apoio do Governo do Estado. O seminário atrai secretários de comunicação, jornalistas e assessores de órgãos estaduais e municipais, bem como estudantes, comunicadores de movimentos sociais e interessados em política e administração pública.
 
Repórter: Renata Preza